Como morar em um condomínio pode garantir a segurança da sua família

Como morar em um condomínio pode garantir a segurança da sua família

Como morar em um condomínio pode garantir a segurança da sua família – Na sociedade atual, é muito comum que as pessoas optem por morar em um condomínio com as suas famílias, em especial pela segurança que esse espaço oferece.

Em cidades grandes, o medo da criminalidade é um dos fatores principais que influenciam no momento da escolha de uma residência, isso porque o alto índice de invasões domiciliares assusta diversas pessoas.

Nesse sentido, o número de construtoras que investem na compra de grandes terrenos para a implementação de condomínios também cresceu.

Além da segurança, há muitos outros motivos que levam as pessoas a optarem por um condomínio. Isso porque eles disponibilizam diferentes elementos, que contribuem para melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Parque, piscina, academia, salão de festas e quadra poliesportiva são apenas algumas das possibilidades encontradas nesses locais.

Por isso, pode ser bastante vantajoso para uma família adquirir uma das unidades de um empreendimento residencial, para que ela possa desfrutar das facilidades oferecidas no condomínio.

Se você quer saber mais sobre como é possível aumentar a segurança dos seus familiares, assim como os benefícios de se morar em um condomínio, siga na leitura deste artigo para entender o tema.

Por que morar em um condomínio?

Diversas pessoas atualmente encontram uma série de vantagens para morarem em um condomínio. Mesmo que algumas delas fossem relutantes em épocas anteriores, é cada vez mais comum optarem por essa mudança.

Além de contar com as facilidades do local, que vão desde um paisagismo residencial interessante, até os espaços de lazer completos, há também os serviços de manutenção das áreas comuns e uma vizinhança mais tranquila.

Todos esses elementos podem ser essenciais para que a escolha possa ser tomada de modo mais consciente.

Apesar dessas possibilidades serem atraentes para os mais diversos públicos, as famílias estão entre os principais moradores de um condomínio.

Isso porque, esse espaço oferece melhor estabilidade e tranquilidade tanto para os papais, quanto para os filhinhos ou, até mesmo, animais de estimação.

Afinal, é possível aproveitar as áreas de lazer disponibilizadas nos prédios, como os parquinhos equipados com diversos brinquedos e piscinas infantis (e algumas delas até com iluminação para piscina de fibra, para uso em períodos noturnos).

Além de quadras, salão de jogos, sauna, academia ou ofurô, tudo variando de acordo com o tipo de empreendimento e necessidades dos moradores. Com isso, a qualidade de vida das famílias é melhorada.

Mesmo que toda essa estrutura possua um custo mensal para os proprietários dos apartamentos ou casas, os benefícios colhidos com a segurança e a organização do ambiente justificam o investimento.

Os gastos de manutenção, que envolvem a contratação de zeladores, porteiros, jardineiros, auxiliares de limpeza, e até de empresas de instalações elétricas prediais, são divididos entre os moradores, tornando os cuidados com o local mais acessíveis.

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais pode ser bastante proveitoso para a sua família considerar a possibilidade de morar em um condomínio, desfrutando, assim, dos benefícios do espaço.

Mas é preciso ressaltar que a segurança é um dos elementos mais considerados no momento de optar pela compra de uma residência em condomínio. Por isso, este será o assunto do próximo tópico.

Os condomínios e a questão da segurança

Com dados que, muitas vezes, assustam diversas pessoas, a questão da segurança pública em grandes e, até mesmo, pequenas cidades, tornou-se uma das principais razões para a escolha de se morar em um condomínio.

Nesse sentido, as pessoas buscam cada vez mais por soluções que possam protegê-las de situações de risco, e encontram em empreendimentos fechados uma maneira prática de minimizar os transtornos com assaltos e invasões domiciliares.

Entre os principais elementos que garantem a segurança dos moradores de um condomínio, é possível citar:

  • Câmeras de segurança;
  • Controle de acesso;
  • Portaria e segurança patrimonial;
  • Muros e cercas elétricas;
  • Vigilância e rondas noturnas.

Câmeras de segurança

As câmeras de segurança são itens comuns dentro e fora dos condomínios, garantindo o monitoramento do local em tempo integral.

Como é de conhecimento, esse tipo de equipamento é responsável por inibir a ação de criminosos, já que a gravação pode ajudar na identificação dos suspeitos.

Por isso, a grande maioria dos condomínios conta com toda a estrutura de uma instalação de câmeras e equipamentos, que permitem acompanhar qualquer movimentação anormal nos arredores do local.

Nesse sentido, é possível, de maneira prática e rápida, tomar as medidas necessárias para inibir invasões no empreendimento.

Controle de acesso

Os sistemas para controle de acesso também são equipamentos que promovem maior segurança para os moradores de um condomínio.

Há itens que possibilitam o controle de acesso digital e, até mesmo, o reconhecimento facial, aumentando ainda mais a proteção dos proprietários de apartamentos.

Esses sistemas podem ser instalados tanto na portaria do condomínio quanto na porta de cada uma das unidades residenciais dos prédios, garantindo que a segurança do local seja reforçada.

Por isso, muitos empreendimentos já têm investido na entrega de condomínios que contam com esses equipamentos de proteção, atraindo os interessados na compra de uma residência.

Portaria e segurança patrimonial

As portarias e guaritas de segurança dos condomínios também recebem investimentos que aumentam a proteção dos funcionários.

Hoje é possível encontrar opções como película para janelas residenciais, que diminuem a visibilidade de quem está fora do imóvel, mas também há películas especiais para portarias, que bloqueiam a visão interna do local.

Outra possibilidade é investir na blindagem do espaço, para que, em situações de extremo risco, os ocupantes da portaria estejam com a sua segurança garantida.

Ainda com a intenção de melhorar a segurança dos proprietários, muitas empresas oferecem o serviço de segurança patrimonial.

Nesse processo, colaboradores identificados com uniforme operacional fazem a vigia e ficam responsáveis por protegerem a entrada e saída dos moradores.

Muros e cercas elétricas

Instalar itens adicionais de segurança nunca é demais. Além de garantir que os muros do condomínio sejam suficientemente altos, de modo a impedir invasões, há empreendimentos que optam pela colocação de cercas elétricas no local.

Esse tipo de equipamento também ajuda a inibir a entrada de criminosos nas dependências do condomínio, deixando o ambiente mais seguro e tranquilo.

Vigilância e rondas noturnas

Em bairros residenciais, é cada vez mais comum encontrar profissionais que se oferecem para realizar a ronda noturna da região, para que qualquer movimentação suspeita possa ser interceptada.

Esse tipo de cuidado extra tem se popularizado, principalmente porque funciona como um meio de aumentar a segurança dos moradores, de modo especial em horários que costumam apresentar mais riscos à segurança das pessoas.

A união de todas essas estratégias é responsável por promover maior proteção aos moradores de um condomínio.

Por isso, é possível dizer que elas visam garantir a segurança das famílias que habitam o local, trazendo maior tranquilidade para todos.

Outros tipos de segurança em um condomínio

A segurança em relação à criminalidade é uma das maiores preocupações das pessoas que optam por morar em condomínio.

Mas ainda existem outros elementos que podem ser considerados como itens de proteção adicionais e que, por sua vez, podem fazer diferença em situações emergenciais.

Uma delas é o treinamento de combate a incêndio, já que os empreendimentos podem contar com esse tipo de sistema de proteção.

Muitos prédios investem de maneira especial em segurança contra incêndios, como um modo de prevenir situações de risco envolvendo os moradores.

Além de elementos que garantem a segurança de modo coletivo, é preciso que os proprietários dos apartamentos invistam também na segurança individual das suas residências.

Afinal, é muito comum que famílias com crianças ou mesmo com animais residam em unidades com alturas elevadas, que podem também gerar situações de risco.

Nesse caso, é de grande importância que antes da mudança para o apartamento, seja instalada uma tela de segurança em todas as janelas do local.

Esse processo garante que não ocorram acidentes que, em grande parte das vezes, podem ser fatais.

Como ajudar na segurança do condomínio?

Contar com os elementos de segurança é fundamental. Mas todos os moradores podem ajudar para que a proteção de todos seja reforçada.

Ao acessar a garagem, por exemplo, é indicado que o motorista esteja atento e não demore para adentrar o local.

Na entrada principal do prédio, também é essencial que o morador acesse rapidamente o local, verificando se o portão foi devidamente fechado.

Quando for realizar uma comemoração nas dependências do condomínio, é importante entregar ao porteiro uma lista com o nome dos convidados, garantindo que eles sejam identificados ao entrar no empreendimento.

Essas são apenas algumas das recomendações de segurança que podem aumentar a proteção dos moradores, possibilitando que condomínio esteja livre de pessoas estranhas e que não tenham sido convidadas para visitar o espaço.

Desse modo, o empreendimento se torna mais confiável para todos, garantindo a segurança e a tranquilidade de uma família.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.