Compradores estão em vantagem no mercado imobiliário no ano de 2019

Compradores estão em vantagem no mercado imobiliário

Compradores estão em vantagem no mercado imobiliário

Compradores estão em vantagem no mercado imobiliário, garante CEO da Reali Imobiliária

Em todos os aspectos os compradores estão em vantagem no mercado imobiliário o momento único para quem pensa em comprar ou investir em imóveis

Compradores estão em vantagem no mercado imobiliário o ano de 2019 começou com aumento de 13,8% em imóveis financiados em comparação a 2018. De acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), as vendas movimentaram cerca de R$ 196 milhões no Estado. Em 2018, foram investidos R$ 155 milhões. Mesmo com a boa notícia, o CEO da Reali Imobiliária, Ladislau Nogueira, alerta que nem sempre as vendas de propriedades são feitas de maneira eficiente.

O processo comum dos corretores é realizar uma pequena entrevista com o cliente e levá-lo para visitar empreendimentos que se encaixam ao valor da intenção de compra. Entretanto, as preferências de localização e metragem são deixadas em segundo plano. “O cliente geralmente é atendido por mais de um profissional, às vezes dez ou até 20, que passam a girar em torno dele nessa jornada de compra. Isso não é inteligente”, comenta.

Além disso o corretor explica que os próprios clientes desconhecem o real poder de compra deles. Isso por que, se o comprador não tem o dinheiro em caixa, ele precisa saber antecipadamente quanto de crédito o banco oferece para o financiamento do imóvel.

“É comum um cliente procurar um imóvel pensando em comprar por um valor específico, roda muito [conhecendo apartamentos], cansa e acaba adiando a compra. Às vezes é por frustração, porque quando escolhe o empreendimento e vai ao banco, ele não consegue o valor necessário.”

Para evitar perda de tempo, a Reali dá algumas dicas de como planejar a compra de empreendimentos. O primeiro passo é entender o perfil do comprador. O CEO explica que a localização é um dos aspectos mais relevantes dos compradores ao investir em imóveis; no objetivo de evitar horas no trânsito da Capital. A procura por bairros mais seguros e com melhor infraestrutura aparece em seguida. Imóveis cada vez mais compactos e inteligentes não são mais uma tendência; e sim uma realidade de mercado voltada para o novo perfil de consumidor; analisa Nogueira.

Se o cliente for bem organizado, o financiamento da casa nova pode ser uma experiência agradável; com taxas bem mais atrativas devido à queda da Selic, pode possibilitar a ele comprar em um mercado vantajoso. O mercado imobiliário reduz os preços dos imóveis para liquidar os estoques ainda não vendidos, conforme o CEO. “É inteligente aproveitar todas essas vantagens desse momento do mercado e fazer o movimento como os grandes investidores; que optam por comprar porque sabem que estão fazendo um bom negócio. O famoso custo de oportunidade”, garante.

Fonte: www.opovo.com.br