Condomínio Barra, vantagens em morar em condomínio fechados.

Condomínio Barra da Tijuca

Condomínio Alfa Barra 2

Condomínio Barra da Tijuca

Maravilhosos condomínio na Barra da Tijuca

Condomínio Barra de Tijuca é uma região administrativa situada entre o oceano Atlântico e os maciços da Pedra Branca e da Tijuca, na Zona Oeste do município do Rio de Janeiro, capital do estado homônimo. É formada em grande parte por ilhas barreiras separadas do continente por um extenso complexo lagunar. Apesar de pouco usual, os nascidos ou os que vivem na Barra da Tijuca são chamados de barristas. 

Morar em condomínio tem suas vantagens: acesso a bens comuns como salão de festas, piscina, academia e garagem. Mas exige dos moradores o respeito às regras e o conhecimento dos seus direitos. Antes de escolher morar em um condomínio, verifique se favorece seu estilo de vida!

O condomínio

Segundo a legislação brasileira, o condomínio acontece quando há o domínio de várias pessoas sobre um bem. Os condomínios para morar são uma formação em que pessoas desfrutam de áreas em comum do imóvel, como elevadores, garagem, jardim e salão de festas.

A lei prevê o condomínio vertical, formado por diversos apartamentos em um edifício, e o horizontal, bastante popular hoje no país. Pela lei, um condomínio não precisa ser formado por residências – as lojas de um shopping também formam um condomínio.

Tecnicamente, o condomínio oferece um sistema de compartilhamento de benefícios que, se forem buscados sozinhos, sairiam mais caro para cada morador. Quanto sairia a mais o aluguel ou a compra de um imóvel com piscina, salão de festas e uma academia pronta? Quanto sairia a mais na sua despesa mensal portaria 24h, serviços de limpeza pesada e jardinagem? Quando se vive em condomínio, é possível usufruir de tudo isso pagando uma parcela mensal.

Regras do condomínio

Uma vez estabelecido o condomínio, são criadas regras para determinar direitos e deveres dos moradores. Cada condomínio tem suas particularidades, mas as regras costumam determinar:

  • Horários de mudança: Em condomínios menores, os horários de mudança costumam ser mais flexíveis. Agora, em grandes condomínios, aonde praticamente há uma mudança acontecendo toda semana, os horários são mais delimitados. Isso é necessário porque a mudança costuma ocupar um ou mais elevadores, obstruir grandes espaços na rua, na entrada do condomínio ou na garagem, e causar transtorno para os outros moradores.
  • Regras de silêncio: Dependendo do estilo de vida da maior parte dos moradores, você poderá encontrar condomínios com regras mais restritas para o silêncio. A maioria deles exige silêncio a partir das 8h da manhã até 22h, podendo gerar multas para quem infringir a lei!
  • Diretrizes sobre o uso das áreas compartilhadas: Como regular um salão de festas para centenas de moradores? As regras do condomínio também regem o uso dos espaços comuns. Listas de reserva, regras de limpeza e instruções sobre itens danificados são definidos pelo condomínio.

O síndico é um morador eleito em conselho para representar o condomínio e seus moradores. É ele que responde pelos contratos de manutenção e decisões sobre a administração do condomínio. Condomínio Barra.

A lei prevê a possibilidade de contratar um síndico profissional, profissão regulamentada para gerenciar o condomínio. Esse profissional recebe treinamento e sua remuneração é proporcional à quantidade de apartamentos ou residências no condomínio. É comum contratar um síndico profissional quando o condomínio é muito complexo e exige muita dedicação.