Construção de casas - Tudo começa na escolha do terreno

Construção de casas

Construção de casas

Fazer um bom planejamento e ter um orçamento bem definido é o primeiro passo para uma obra de sucesso.

Construção de casas – Planejar a construção de casa não é tarefa simples, mas também não precisa ser sinônimo de estresse, dor de cabeça e saldo no vermelho. Fazer um bom planejamento e ter um orçamento bem definido é o primeiro passo para uma obra de sucesso. Investir em materiais de qualidade e contar com mão de obra qualificada também faz toda a diferença no andamento do projeto.

Tudo começa na escolha do terreno e na elaboração do projeto arquitetônico. Qualquer que seja o tamanho da obra, é essencial esboçar e analisar toda a parte documental da construção. Isso vai desde a elaboração da planta, passando pelo projeto elétrico e hidráulico e chegando à fase dos acabamentos.

Por isso, antes de começar o quebra-quebra, é preciso contar com um arquiteto e um engenheiro responsáveis por dimensionar cada etapa do projeto. Esses profissionais vão considerar aspectos como a topografia do terreno, as condições climáticas na área, a documentação necessária para o imóvel e o prazo disponível para cada etapa da obra, desde a estrutura até o acabamento.

Orçamento e planejamento andam lado a lado quando o assunto é construção de casa. Até porque não dá para fazer um projeto arquitetônico sem saber ao certo o quanto você pretende (e o quanto pode) pagar pela obra. Para definir o orçamento, a primeira coisa a se fazer é pensar no tamanho e no padrão do imóvel que se pretende construir.

Depois, é hora de organizar o cronograma da obra, dividindo cada etapa conforme as prioridades de execução. Inclusive, quando for delimitar o orçamento, coloque na ponta do lápis quanto vai custar cada etapa, pois isso facilita muito na hora de avaliar o custo global do projeto.

Saber o custo total da obra é importantíssimo para definir as prioridades do cronograma, principalmente se acontecer algum imprevisto e você precisar interromper o serviço por um tempo. Sem falar que, sabendo ao certo o quanto você pode gastar, fica muito mais fácil negociar com os fornecedores e contratar a mão de obra, investindo no melhor custo-benefício.

Fonte: Google