Cuidados necessários para uma casa na praia - Sonho de muitas pessoas

Cuidados necessários para uma casa na praia

Cuidados necessários para uma casa na praia

Cuidados necessários para uma casa na praia – Ter uma casa na praia é o sonho de muitas pessoas, principalmente porque o local pode ser um refúgio para amenizar o estresse decorrente da rotina de grandes cidades.

Desfrutar de uma paisagem relaxante e de momentos de lazer é um dos pontos fortes de possuir um imóvel na região litorânea.

Além disso, para famílias que cultivam o costume de viajar nas férias e alugar uma casa para temporada, adquirir uma residência na praia pode ser um investimento interessante.

Até porque, a depender do tipo de imóvel que se procura, é possível encontrar opções encantadoras por preços bastante interessantes.

Desse modo, a compra de um apartamento ou de uma casa na praia pode trazer diversos benefícios para o proprietário, seja para o seu uso pessoal ou para locar o espaço em épocas de férias e finais de semana.

Pensar nas vantagens de ter uma casa para momentos de lazer faz com que as pessoas se planejem para a comprá-la.

Mas, é importante lembrar que um imóvel localizado na área litorânea precisa receber cuidados especiais durante todo o ano.

Isso porque alguns elementos presentes na região influenciam tanto na conservação da estrutura do imóvel quanto no mobiliário presente nele.

Sendo assim, se você quer conhecer os cuidados necessários para a sua casa na praia, garantindo que ela esteja sempre em ótimas condições de uso, siga na leitura deste artigo.

Casa na praia: os inimigos presentes

A princípio, ter um imóvel sempre vai demandar cuidados por parte do proprietário, independentemente da região onde ele esteja localizado.

Se você mora em apartamento, certamente já se preocupou em instalar a rede de proteção para janelas, assim como é interessante investir na instalação de um portão eletrônico em uma casa de rua.

De fato, ter um imóvel implica em verificá-lo constantemente, evitando que vários imprevistos possam prejudicar o seu funcionamento.

Apesar de ser uma estrutura com durabilidade longa, há uma série de elementos presentes que precisam ser substituídos regularmente, assim como outros que necessitam de manutenção.

Um interruptor intermediário, por exemplo, é um item que possui uma grande vida útil, mas não é por isso que não precise ser trocado em algum momento.

Afinal, o uso de vários elementos de uma casa causa o desgaste natural das peças, já previsto em decorrência do dia a dia.

Mas, no caso específico de um imóvel que está localizado na região litorânea, existem alguns itens que devem ser observados, sendo eles:

  • A maresia;
  • O mofo;
  • A poeira;
  • Os insetos.

A maresia é um dos elementos presentes na praia que é responsável por trazer prejuízos para as superfícies do seu imóvel.

O fenômeno natural é causado pela água salgada do mar, onde ocorre o transporte de gotículas pelo vento, que acaba corroendo vários tipos de objetos por possuir uma alta oxidação.

O mofo é outro fator que deve ser levado em consideração nos cuidados com o imóvel de regiões litorâneas.

Dada a área úmida, é comum que locais com pouca ventilação sejam afetados, precisando de uma atenção extra por parte do proprietário.

A poeira também é um elemento presente nas casas de praia, justamente porque são regiões que possuem uma elevada quantidade de areia, que costuma ser espalhada pela ventania.

No litoral, é comum haver infestação de insetos, principalmente em imóveis que ficam muito tempo fechados ou próximos de terrenos baldios.

Depois de listarmos os principais agentes causadores de problemas em imóveis de praia, é possível entender melhor quais devem ser os cuidados necessários para conservar o imóvel.

Cuidados com a sua casa na praia

Qualquer imóvel precisa de cuidados. Tanto nas cidades grandes, quanto em casas de campo ou de praia, a manutenção do espaço deve ser feita periodicamente.

Por isso, é sempre interessante contratar um eletricista e um encanador para verificar as condições estruturais da casa, garantindo o funcionamento do local.

Mas, voltando para os problemas comuns de regiões litorâneas, é possível especificar alguns cuidados especiais, como veremos a seguir.

Garantir a ventilação do imóvel

A depender da periodicidade com que você frequenta a sua casa na praia, é preciso se programar para que o imóvel não fique muito tempo fechado.

Isso porque a ventilação evita o surgimento de mofo nas paredes, além de que a maresia pode corroer algumas das principais superfícies da sua casa.

Sendo assim, é indicado que você contrate os serviços de pintura externa de casas periodicamente, como um modo de evitar que tanto a parte de fora quanto a interna sofram com mofo e deixem o espaço impróprio para uso.

Além disso, imóveis que ficam muito tempo fechados tendem a acumular poeira, e podem prejudicar os visitantes que possuam reações alérgicas.

Uma alternativa interessante, nesse caso, é expor ao sol os itens presentes no seu imóvel, tais como os colchões, cobertas e almofadas, sempre que possível, evitando que elas acumulem ácaro ou sejam prejudicados pelo mofo.

Realizar a dedetização

Se a sua casa na praia é utilizada apenas em alguns períodos do ano, você deve se preocupar em manter a dedetização em dia.

Isso porque é comum que ocorra o acúmulo de insetos em casas que ficam sem uso por vários meses, sendo comum a infestação de baratas e até mesmo de cupins.

Sendo assim, se a sua casa conta com vários ralos, e se possui portas, janelas e pallet de madeira, invista na dedetização do local.

Com isso, você evita surpresas com insetos, principalmente se o seu imóvel está localizado próximo de terrenos baldios.

Remover a poeira dos móveis e eletrodomésticos

É importante garantir a remoção da poeira acumulada nas superfícies dos seus móveis e eletrodomésticos, levando em consideração a corrosão causada pela maresia.

Além de prejudicar a estrutura de estantes e armários de madeira, ela pode danificar a sua divisória de ambiente e os eletrodomésticos da sua casa.

Por isso, você deve se preocupar em adquirir equipamentos feitos de aço inox, mas mesmo nos itens que possuem outra composição, a melhor maneira de conservá-los é removendo o excesso de poeira presente no local.

Aparar a grama e limpar a piscina

Se as áreas externas do seu imóvel possuem gramado, é essencial mantê-lo sempre aparado.

Isso porque em regiões muito quentes, é comum que surjam insetos perigosos, como é o caso dos escorpiões, que podem trazer sérios prejuízos para os visitantes da casa e também para os vizinhos.

Além disso, se você possui uma piscina, é essencial garantir que a água não fique parada por muito tempo, podendo ser o reservatório ideal para mosquitos da dengue, por exemplo.

Do mesmo modo, não é indicado deixar a piscina vazia, já que isso pode prejudicar os materiais presentes na sua composição, causando rachaduras na estrutura.

Uma solução é investir na colocação de uma capa, mas ela sozinha não evita esse tipo de problema. Também é necessário realizar a limpeza da água, aplicando os produtos necessários.

Por isso, você deve investir na manutenção da área externa do seu imóvel, evitando infestações.

Cuidados estéticos e de segurança

Os cuidados com o seu imóvel também vão além dos estruturais, de modo que é sempre importante investir em itens que trazem mais beleza e segurança ao espaço.

Se você possui um sofá ou poltrona que precise de reparos como a substituição de um tecido desgastado pela maresia, é possível recorrer a um tapeceiro.

Assim, a troca do revestimento é feita rapidamente com um grampeador de madeira, devolvendo a harmonia para a sua sala.

Além disso, é importante investir em produtos de higiene e conservação como vernizes e lustra móveis, deixando um aspecto mais brilhantes nos seus armários.

A sua casa pode ser beneficiada tanto em termos de beleza quanto de valorização, afinal cada cuidado desse tipo influencia no aspecto geral dos ambientes.

A segurança da sua casa também deve receber atenção, já que os imóveis de regiões litorâneas costumam ter menor movimentação do que os urbanos.

Nesse caso, é de grande importância investir na instalação de câmeras de monitoramento e de alarmes sonoros, que podem inibir possíveis invasores.

Outra opção é aplicar a película antivandalismo nas janelas da sua casa, já que elas ocultam a visibilidade de quem está fora do imóvel, ajudando na proteção do local.  

Por fim, é importante manter um contato constante com os vizinhos da sua casa, principalmente porque eles podem avisá-lo sempre que houver algum problema na região.

Com isso, você pode reforçar os cuidados abordados neste artigo, agendando uma dedetização se estiver ocorrendo infestações na área; aparar a grama caso ela esteja mais alta do que o recomendado ou limpar a sua piscina.

Assim, além de poder desfrutar de um espaço sempre em ótimas condições; a sua casa será valorizada e renderá muitos momentos de lazer e descanso em família.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.