Dicas de decoração afetiva -Como transformar o sei imóvel em um lar.

Dicas de decoração afetiva

Dicas de decoração afetiva

Dicas de decoração afetiva

Como transformar o seu imóvel em um lar

Dicas de decoração afetiva – A decoração afetiva tem sido cada vez mais procurada, por remeter a momentos especiais e importantes da vida das pessoas. Isso deixa o lar ainda mais confortável e agradável, aumentando a sensação de bem-estar.

A residência tem como principal função abrigar seus moradores, mas isso não significa que ela precise servir apenas para isso, afinal, estamos falando do lugar mais importante para qualquer pessoa.

Os ambientes precisam ser agradáveis, para que possamos viver bons momentos, tanto com a família quanto com os amigos. 

Isso faz com que seja imprescindível que a composição traduza a personalidade dos moradores em cada projeto, daí surge a decoração afetiva, que gera uma identificação imediata da pessoa com o ambiente.

Para isso, é preciso contar com peças-chave, como objetos, obras de arte e até roupas, pois tudo isso é importante para compor um ambiente que traga à tona histórias importantes.

O resultado pode ser maravilhoso e surpreendente. Pensando nisso, vamos falar sobre o que é decoração afetiva, seus benefícios e dar algumas dicas de como fazê-la. Acompanhe!

O que é decoração afetiva?

A decoração afetiva tem ligação com a psicologia, por isso, tem atraído cada vez mais adeptos. Quando bem projetada, as pessoas que vão viver no vão se identificar com o espaço de um jeito diferente. 

Isso torna a identificação com os ambientes ainda mais importante.

Nesta tendência, desde a restauração em deck de madeira até os mínimos detalhes são pensados para evitar que o dia a dia cada vez mais corrido deixe as pessoas insensíveis quanto a sua própria história.

Além disso, as regras dessa decoração não são tão explícitas quanto acontece com outros estilos. Ela é exatamente o oposto, porque os itens que a compõem são mais pessoais, têm significado e a união entre eles desperta sensações.

Dessa forma, trata-se de uma decoração única, em que nada é utilizado por acaso ou aleatoriamente. 

Desde a escolha os objetos até a ornamentação de cada cômodo são pensados para atingir uma atmosfera personalizada.

Benefícios da decoração afetiva

Esse tipo de decoração se destaca por conta das vantagens que traz aos moradores. Isso porque, para ela, desde a persiana vertical para porta até outros objetos precisam ter conexão com seus moradores, sua história e seus valores.

Isso é benéfico porque é capaz de personalizar cada ambiente de acordo com os perfis dos residentes, que farão uso de cada canto da casa.

Essa decoração também tem a capacidade de representar a essência de cada um, e sempre estará presente nos objetos que têm um grande valor sentimental. Todas essas particularidades farão parte do cenário da decoração.

Os gostos pessoais também são levados em conta, uma vez que muitas pessoas preferem criar sua própria decoração, trabalhando em cima de sua personalidade. De qualquer forma, é importante pesquisar qualquer item que fará parte de cada ambiente.

Ao ter contato constante com os objetos que trazem boas lembranças, a sensação de bem-estar aumenta, o que traz mais qualidade de vida para os moradores.

Outra vantagem é o fato de que estamos falando de uma decoração exclusiva, pois tudo nela, incluindo uma restauração de fachadas antigas, é pensada para seus moradores.

Além disso, vai contar com o uso de objetos pessoais e decorativos, fotos, móveis e outros itens que ninguém mais possui. Essa exclusividade traz a sensação de que o lar é único, o que deixa cada pessoa mais à vontade.

Os momentos em família e com os amigos também serão muito beneficiados, pois estarão cercados de memórias que despertam emoções positivas e intensificam a ocasião.

Por exemplo, convidar os amigos para um jantar e ter um mural de fotos com momentos vividos entre eles, seja numa viagem, em um evento ou até na escola, faculdade, etc.

Dessa forma, podemos dizer que a decoração afetiva traz vantagens especiais que decorações comuns não podem oferecer, tais como:

  • Exclusividade;
  • Valorização de momentos especiais;
  • Reconhecimento da história do morador;
  • Bem-estar;
  • Qualidade de vida.

Só que para ter acesso a todas essas vantagens, é importante relacionar esse estilo ao objetivo de transformar um imóvel em um lar aconchegante e cheio de boas lembranças. 

Para saber como fazer a decoração afetiva de maneira assertiva, acompanhe as dicas a seguir.

Dicas para fazer uma decoração afetiva

A decoração afetiva pode estar presente em tudo, inclusive no formato que será dado ao portão, ao procurar por serralheria grades.

Além disso, qualquer elemento, a depender de sua origem e da história que traz consigo, é marcante para compor os ambientes. 

Existem alguns objetos que são mais utilizados e que possuem características que se destacam mais, tais como:

1 – Composição do ambiente

Os traços de personalidade de cada morador são unidos para compor os ambientes. Isso faz parte da composição dos ambientes, bem como a utilização de diversos itens que representem essas personalidades.

Por exemplo, pode ser feito imã de geladeira em pvc com uma foto da família, em tamanho grande, para decorar a cozinha.

Ou um móvel que pertenceu a avó do morador, e que tem valor sentimental, pode compor a decoração da sala, dentre outras particularidades do tipo.

2 – Imagens afetivas

As fotografias remetem a outras épocas e momentos especiais, e por meio delas é possível relembrar datas e acontecimentos memoráveis. Essas imagens podem ser em formato de quadros, fotos ou pinturas.

As composições com fotografias ficam muito interessantes em espaços com corredores, paredes de fundo, para o aparador ou sofá, entre outros.

Quando as colocamos em estantes e nichos, optamos por uma escolha mais clássica, mas que também enriquece o ambiente.

É importante pensar com cuidado no tipo de moldura, que pode ser metálica, de vidro, madeira, ou seja, diversas opções que dependem do gosto de cada um, assim como acontece ao escolher um vinho para lembrança para decorar.  

3 – Móveis antigos restaurados

Peças antigas herdadas de parentes e familiares são uma excelente aposta para a decoração afetiva, pois têm tudo a ver com ela.

No entanto, o desgaste devido ao tempo e ao uso é comum, mas pode ser facilmente resolvido por meio de uma restauração. Alguns dos reparos mais comuns são troca de estofado, puxadores, tecido e até uma pintura nova.

Isso equilibra a história do mobiliário e as adaptações que farão com que ele continue contemporâneo e útil.

4 – Peças compradas em viagens

Comprar itens em viagens é muito comum, e tais objetos são muito importantes para um décor afetivo, como uma mala antiga decoração.

Se você ainda não tem esse hábito, pode começar a praticá-lo a partir de sua próxima viagem. Isso porque esses objetos se encaixam perfeitamente nesse tipo de decoração, trazendo consigo histórias e lembranças importantes para os moradores.

Pode se tratar de momentos emocionantes, divertidos, engraçados e até uma viagem dos sonhos que alguém conseguiu realizar. Ter essas memórias vivas dentro de casa é fundamental para causar bem-estar.

Alguns dos melhores exemplos são miniaturas de edificações e monumentos, ilustrações e outros objetos que remetam com facilidade onde os membros da família estiveram.

5 – Plantas

As plantas também têm valor sentimental para muitas pessoas, aliás, para a maioria. 

Podem compor diversos ambientes, dentro de um vaso encapado com sacolas de papel artesanal, em louças antigas, vasos trazidos de viagens, etc.

6 – Objetos de decoração DIY

DIY é uma sigla para Do It Yourself, ou faça você mesmo, em português. Nesse método,  uma pessoa cria seus próprios móveis, utensílios e, claro, objetos decorativos.

Ao criar esses itens, a decoração se torna ainda mais pessoal e única, pois são objetos que ninguém mais possui.

Na internet, você pode encontrar tutoriais e dicas para criar tudo o que deseja, como sofás, poltronas, cadeiras, penteadeiras, vasos, estantes, porta-retratos, dentre muitas outras possibilidades, todos personalizados por você.

Pode ainda criar um mural exclusivo para as fotos de suas viagens, eventos e momentos especiais como nascimentos, casamentos, formaturas, entre outros.

Com certeza, esse trabalho trará mais personalidade para a sua decoração afetiva, e ainda vai ser muito mais barato do que comprando algo pronto.

Conclusão

A decoração afetiva é feita para quem valoriza sua casa, sua vida e sua história. Feita para quem compreende a importância da vida e de tudo o que faz parte dela.

Por meio dela, além de conseguir traduzir a história e personalidade de cada um, é possível trazer à memória tudo o que está relacionado à família e outros integrantes, como pais, avós, tios, primos e – por que não – os amigos?

Para quem gosta de reviver cada momento e quer se encontrar em cada canto do lar, a decoração afetiva sem dúvidas é a melhor aposta.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.