Jardim Oceânico - Pólo de diversos atrativos na Barra.

Jardim Oceânico

Jardim Oceânico

Parte da Barra da Tijuca que apresenta excelente qualidade de vida

Jardim Oceânico – Jardim Oceânico é um sub-bairro nobre da Barra da Tijuca, bairro nobre da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Localizado na extremidade leste da Barra da Tijuca, é delimitado pelo mar entre os postos 1 e 4 da praia da Barra e pela lagoa, da ponte que leva ao Itanhangá à nova estação de BRT. O gabarito do Jardim Oceânico, assim como o do Recreio dos Bandeirantes, só permite prédios baixos com raras exceções.

Suas vias principais são: Avenida Armando Lombardi, a Avenida Ministro Ivan Lins, a Avenida Olegário Maciel, a Avenida Sernambetiba e a Avenida do Pepê.

A Rua Olegário Maciel recentemente tornou-se pólo gastronômico da região e atrai públicos de todo o Rio com suas variadas opções de bares e restaurantes.

Na faixa da praia, o postinho (entre o posto 1 e 2), o Praia Linda e o Pepê (entre os postos 2 e 3) são os lugares mais conhecidos e frequentados devido as condições perfeitas para a prática do surf; aos clubes de KiteSurf e rota dos principais quiosques e barracas da praia da barra.

A região possui ainda vasto comércio de rua, com supermercados, o Shopping Barra Point e outros pequenos shoppings, lojas, bares, motéis, casas de festas infantis, boates (a região tornou-se um importante ponto da vida noturna da cidade)e ruas residenciais tranquilas e arborizadas. É a parte da Barra da Tijuca que mais se assemelha à Zona Sul do Rio quanto ao padrão da urbanização, tendo o plano Lúcio Costa respeitando tais características para as extremidades da região (Jardim Oceânico e Recreio dos Bandeirantes); que são projetos urbanísticos anteriores ao da Barra propriamente dita, que é essencialmente modernista.

Possui aproximadamente 30 mil habitantes, e 1,5 mil prédios e casas.

A Estação Jardim Oceânico é uma estação da linha 4 do metrô do Rio de Janeiro. Localizada sob a avenida Armando Lombardi, no início do bairro da Barra da Tijuca, no sub-bairro que lhe dá nome, foi a primeira estação de metrô na zona oeste da cidade. Foi inaugurada; em conjunto com as outras quatro estações construídas como parte da linha 4; em 5 de agosto de 2016, na abertura das Olimpíadas em uma viagem inaugural exclusivamente para a “família olímpica”; que reuniu os atletas, colaboradores e público das competições.
Fonte: Google