Mercado financeiro. O que esperar do mercado financeiro para 2019?

Perspectivas do mercado financeiro para 2019

Mercado financeiro

Mercado financeiro brasileiro.

Perspectivas do mercado financeiro para 2019

Mercado financeiro. O que esperar do mercado financeiro para 2019? Reforma da Previdência, Selic em 7% ao ano, inflação em 4,02%. Descubra tudo neste artigo!

Quais as principais perspectivas do mercado financeiro para 2019?

É praticamente impossível saber com exatidão as direções do mercado no futuro, uma vez que diversos fatores, tanto nacionais quanto internacionais podem influenciar seus rumos.

 

Reforma da previdência

Mas um assunto em particular que está chamando atenção e que influenciará diretamente no destino da economia brasileira: a reforma da Previdência de 2019.

O mercado financeiro inicia 2019 na expectativa de o novo governo de Jair Bolsonaro conseguir aprovar a reforma da Previdência.

O país vive em uma situação bastante delicada. Caso a reforma não seja aprovada é possível que o mercado sofra ainda mais, com desempenho negativo na bolsa e alta de juros.

Segundo cálculos do governo, estima-se que com a aposentadoria dos trabalhadores privados, servidores e pensões militares, o déficit nesse ano fique em R$ 337,2 bilhões.

Por outro lado, se a reforma da previdência for aprovada, a tendência é que o mercado financeiro brasileiro se valorize, uma vez que as despesas do governo irão diminuir.

Dessa forma, com menos gastos públicos por conta da previdência, junto com outros cortes fiscais e privatizações, o governo será capaz de reduzir impostos, o que traria um aumento dos investimentos das empresas e consequentemente mais renda e empregos para a população.

Perspectivas do mercado financeiro para 2019

 

Projeção de crescimento da economia em 2019

De acordo com o Relatório Focus; divulgado pelo Banco Central (BC) dia 11; analistas aumentaram a previsão de crescimento da economia brasileira em 2019.

A projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) passou de 2,53% para 2,57% no final de 2019.

Para os próximos anos; as previsões de crescimento do PIB são de 2,5% para 2020 e 2021.

PIB representa a soma de todos os bens e serviços produzidos no país; servindo para medir a evolução da economia.

Fonte: Guia Invest