Rua Redentor Ipanema - Local de Região Nobre do Rio de Janeiro.

Rua Redentor Ipanema

Rua Redentor Ipanema

Rua Redentor Ipanema

Local de Região Nobre!

Rua Redentor Ipanema –  O local de região nobre está localizado na zona sul e é vizinho de outros bairros cariocas famosos, como Copacabana e Leblon.

bairro-ipanema-1

“É um bairro sofisticado e lugar preferido de muitos turistas que preferem se hospedar na região pela segurança, proximidade com o mar, intensa vida noturna e localização privilegiada. ”

Lá o que não falta são pessoas douradas pelo sol e atletas por todo lado, praticando algum tipo de esporte famoso na região como surfe, vôlei de praia ou corrida pela orla. O estilo de vida em Ipanema é leve e boêmio, os bares vivem cheios e as pessoas abandonam as calças jeans para aderirem roupas mais confortáveis e frescas.

A Praia de Ipanema

bairro-ipanema-2

A bela e encantadora Praia de Ipanema ficou mundialmente famosa depois de inspirar o compositor Vinícius de Morais na música Garota de Ipanema.

O lugar é frequentado dia e noite por turistas e moradores que vão caminhar, praticar esportes, bater papo, andar de bicicleta na ciclovia, tomar água de coco nos quiosques ou apenas apreciar a beleza da praia.

O Posto Nove de Ipanema se tornou um ponto de encontro e também um dos melhores pontos da praia carioca, sendo bastante frequentado por jovens e celebridades.

A Pedra do Arpoador é um grande ponto turístico que também faz parte da Praia de Ipanema. O lugar tem costume de atrair pessoas para assistir ao pôr do sol.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma grande cidade brasileira à beira-mar, famosa pelas praias de Copacabana e Ipanema, pela estátua de 38 metros de altura do Cristo Redentor, no topo do Corcovado, e pelo Pão de Açúcar, um pico de granito com teleféricos até seu cume. A cidade também é conhecida pelas grandes favelas. O empolgante Carnaval, com carros alegóricos, fantasias extravagantes e sambistas, é considerado o maior do mundo.

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, entre outras; os estádios do Maracanã e Nilton Santos; o bairro boêmio da Lapa e seus arcos; o Theatro Municipal do Rio de Janeiro; as florestas da Tijuca e da Pedra Branca; a Quinta da Boa Vista; a Biblioteca Nacional; a ilha de Paquetá; o réveillon de Copacabana; o carnaval carioca; a Bossa Nova e o samba.

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1763-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a recém-construída Brasília. Neste ano, o Rio foi transformado em uma cidade-estado com o nome de Guanabara e somente em 1975 torna-se a capital do estado do Rio de Janeiro, após a fusão deste com a Guanabara.