Santa Izabel Construtora - A qualidade que você exige.

Santa Izabel Construtora

Santa Isabel

Santa Izabel Construtora

A qualidade que você exige.

Santa Izabel Construtora – Fundada no Rio de Janeiro em novembro de 1960, deu origem ao Grupo Santa Isabel, com variadas atividades que passam pela construção, administração de bens, hotelaria, agricultura e pecuária.

Ao longo de mais de 40 anos de existência, a Construtora Santa Isabel construiu inúmeros empreendimentos residenciais, modernos apart-hotéis, residenciais com serviços, edifícios comerciais, shopping centers e obras de urbanização.

Usufruindo do conceito conquistado de empresa sólida, com alto padrão de qualidade e rigoroso cumprimento de todos os compromissos assumidos com seus clientes e fornecedores, a Construtora Santa Isabel edificou muito mais que edifícios, construiu um dos mais conceituados nomes da engenharia civil. Ao aliar seu nome a imóveis bem projetados, bem construídos e bem localizados, a Construtora Santa Isabel conquistou um espaço definitivo no mercado imobiliário e chancela seus imóveis com o slogan: ”A qualidade que você exige.”

Evolução C 1.0 e construção 2.0; o que não aconteceu - C3 Clube | Clube De  Relacionamento | Brasil

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é uma grande cidade brasileira à beira-mar, famosa pelas praias de Copacabana e Ipanema, pela estátua de 38 metros de altura do Cristo Redentor, no topo do Corcovado, e pelo Pão de Açúcar, um pico de granito com teleféricos até seu cume. A cidade também é conhecida pelas grandes favelas. O empolgante Carnaval, com carros alegóricos, fantasias extravagantes e sambistas, é considerado o maior do mundo.

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, entre outras; os estádios do Maracanã e Nilton Santos; o bairro boêmio da Lapa e seus arcos; o Theatro Municipal do Rio de Janeiro; as florestas da Tijuca e da Pedra Branca; a Quinta da Boa Vista; a Biblioteca Nacional; a ilha de Paquetá; o réveillon de Copacabana; o carnaval carioca; a Bossa Nova e o samba.

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1763-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a recém-construída Brasília. Neste ano, o Rio foi transformado em uma cidade-estado com o nome de Guanabara e somente em 1975 torna-se a capital do estado do Rio de Janeiro, após a fusão deste com a Guanabara.