Saúde e bem-estar - A importância da decoração de ambientes

Saúde e bem-estar

Saude e bem estar

Saúde e bem-estar

A importância da decoração de ambientes

Saúde e bem-estar – A decoração de ambientes sempre esteve presente em nosso dia a dia, pois mesmo que um cômodo seja composto apenas por um sofá, ele já possui um elemento decorativo.

Escolher os móveis, os objetos de decoração e outros itens que compõem um cômodo é mais do que ter um lar bonito e bem decorado, é uma maneira de garantir bem-estar e qualidade de vida.

Nossa casa é o lugar onde passamos mais tempo com a família, temos nossa privacidade, momentos de lazer e descanso, bem como estamos em contato com nossos pertences.

Não tem nada melhor do que chegar do trabalho e encontrar um lar bonito, confortável e aconchegante a nossa espera. Isso revitaliza as energias e nos prepara para recomeçar a rotina.

Por isso, é necessário entender a importância da decoração para a vida, e não apenas como uma maneira de dispor os móveis e ter uma casa bem decorada.

Para que você compreenda essa concepção, neste artigo, vamos falar sobre a evolução da decoração, sua importância para o bem-estar e quais pontos ela pode ajudar a melhorar.

A evolução da decoração de interiores

O ser humano evoluiu muito desde sempre, por isso, foi capaz de mudar e melhorar tudo à sua volta, inclusive a decoração do seu lar. E cada espaço mudou conforme as décadas foram ficando para trás.

A mudança decorativa nas cozinhas 

Por exemplo, a cozinha, na década de 1950, tinha cortinas nas janelas e eletrodomésticos de última geração expostos.

Armários de cor neutra, como o branco, além de um ambiente sempre limpo e bem organizado, usando rodapé branco 8cm. Mas os anos 1960 chegaram e as cozinhas se tornaram mais coloridas, com cores como amarelo e azul.

Nos anos 1970 surgiram os azulejos estampados, com desenhos florais, até que em 1980 a tendência era uma cozinha menor e, de preferência, conjugada com a sala de estar.

Nos anos 1990 chegaram os armários MDF planejados, estes que estavam presentes nos filmes e novelas da época. Tons de cinza e bege eram dominantes e faziam parte das cozinhas perfeitas

A partir dos anos 2000, as cozinhas gourmet começaram a se destacar com a predominância de cores sóbrias, como preto e branco.

A mudança decorativa nas salas 

Quanto à sala de estar, na década de 1950, as poltronas faziam parte da decoração, bem como sofás bem confortáveis e tapetes. Não podemos esquecer da TV que era uma novidade na época.

Nos anos 1960, era incomum que as pessoas optassem por demolição de casas antigas como fazemos hoje em dia, pois não tinham acesso à tecnologia que temos agora. 

No entanto, no que diz respeito à decoração da sala de estar, os móveis de latão estavam em alta, pois deixavam o ambiente mais sofisticado.

Com a chegada dos anos 1970, o auge das salas de estar eram os sofás de couro ou que imitavam couro. Os tons pastéis estavam no auge, mas os estofados costumavam ter um tom mais escuro.

Os móveis de sucupira também estavam em alta, mas com a chegada dos anos 1980, o falso couro começou a ser usado em cores mais claras.

Na década de 1990 a moda era ter estante grande, pisos com desenhos, tacos ou laminados. Os anos 2000 tiraram as estantes em voga e chamaram a atenção para os painéis de madeira, além de mais liberdade na escolha das cores.    

Atualmente, os móveis usados dependem muito do gosto pessoal de cada um, podendo a decoração ser mais neutra ou em tons mais vibrantes. Além das residências, isso também se aplica aos cômodos dos imóveis comerciais, como uma sala para palestra.

A mudança decorativa nos quartos

Quanto aos quartos, em 1950, os móveis eram cheios de detalhes, como camas com cabeceiras grandes e as penteadeiras.

Nos anos 1960, a riqueza de detalhes ainda era prevalente, mas os móveis eram menores e mais delicados. Os papéis de parede estavam em alta, a maioria com formas geométricas em sua estampa.

Os anos 1970, por sua vez, trouxeram mais colorido para a decoração, com móveis em cores vibrantes como verde ou azul.

Nos anos 1980, a decoração dos quartos pedia muitos posters espalhados pelas paredes, principalmente no quarto dos adolescentes. Os móveis de mogno estavam em alta e eram menores.

Em 1990 começou a febre dos guarda-roupas embutidos, a ideia era aproveitar mais os espaços. Também foi nessa época que os móveis de ferro se tornaram tendência, sendo que eles poderiam ser encontrados em várias cores.

A moda era tão forte que até o corrimão de ferro para escada interna entrou na lista de desejos de quem estava construindo ou reformando.

Nos anos 2000 em diante as pessoas começaram a valorizar um espaço maior nesses ambientes, pois começaram a vê-lo como o local ideal para atividades como estudo e trabalho.

Importância da decoração 

Todo lar precisa ser aconchegante e garantir bem-estar para os moradores, e a decoração é parte essencial desse processo. Por meio dela, é possível garantir:

  • Beleza;
  • Funcionalidade;
  • Valorização do espaço;
  • Comodidade.

Quando entramos em uma casa ou apartamento bem decorado, temos uma sensação de leveza e conforto.

Isso porque, além de eles serem bem organizados, como quando usamos etiquetas adesivas personalizadas para identificar objetos, eles são mais bonitos e ajudam a reduzir o estresse.

Imóveis bem decorados servem melhor aos moradores e a sua rotina, por isso eles são mais práticos e funcionais, tendo tudo sempre à mão quando é preciso.

Pontos que uma boa decoração ajuda a melhorar

Já que estamos falando da importância da decoração para o bem-estar, vamos mostrar todos os pontos que ela é capaz de ajudar a melhorar.

Um deles é o humor e a disposição, pois os moradores estarão sempre inseridos em um espaço que agrade os olhos e facilite o dia a dia.

Imagine o impacto de acordar em um lugar com um aspecto ruim, desorganizado, sujo e que não oferece as facilidades que você precisa? O resultado é mau humor e indisposição.

A capacidade de concentração também melhora, inclusive, para quem estuda e trabalha em casa, então, ter um bom planejamento para decorar o espaço de trabalho e estudo é fundamental.

Por exemplo, é importante criar um ambiente que reflita o trabalho dessa pessoa para ajudá-la a ter mais criatividade. Imagine usar uma mala antiga decoração no escritório de um profissional que escreve em um blog de turismo?

Com certeza, ele vai se sentir mais inspirado e vai se concentrar melhor, pois os detalhes de uma boa decoração fazem toda a diferença.

Também é papel da decoração harmonizar o ambiente. Dessa forma, se ela segue um padrão ou é feita por um profissional, isso é mais garantido.

A harmonia do ambiente diz respeito aos móveis usados, às cores aplicadas, aos materiais de cada móvel, peças decorativas etc. A harmonia é importante para deixar o espaço mais bonito, mas também para que ele não cause uma má impressão.

É ruim, por exemplo, entrar em um cômodo e ver que ele tem muita informação, seu espaço não foi bem aproveitado, dentre outras situações.

Se o ambiente tem harmonia, é confortável e bonito, a tendência é que emoções negativas e o estresse diminuam. Pessoas estressadas precisam viver em locais organizados, limpos e funcionais.

Uma boa decoração garante tudo isso, além de trazer cômodos mais fáceis e acessíveis aos moradores, o que facilita a vida e diminui momentos de estresse.

Tudo isso se reflete em mais conforto e qualidade de vida, então, pequenas ações já mudam totalmente o espaço e o deixam melhor, por exemplo uma restauração de piso porcelanato.

Se o piso está quebrado, descolado ou apresentando algum problema, naturalmente ele prejudique o conforto e, consequentemente, a qualidade de vida dos moradores. 

Por isso, a decoração também visa consertar problemas, principalmente para manter os ambientes sempre em boas condições de uso.

Por fim, ao aplicar uma boa decoração, os espaços se tornam maiores e com boa funcionalidade. Uma das práticas mais comuns para alcançar esse objetivo é o uso de móveis planejados.

Esse tipo de móvel valoriza cada espaço do imóvel e é indicado, especialmente, em ambientes menores. Por isso, mais do que escolher a cor da cortina prega franzida que você vai usar, a decoração é uma maneira de otimizar o espaço.

Considerações finais

É importante decorar com cuidado e escolher o estilo que mais combina com a sua personalidade e o seu dia a dia. Se tiver dúvidas, conte com um especialista no assunto.

Lembre-se de priorizar o conforto e a praticidade, principalmente para que o seu dia a dia, bem como a rotina de quem more com você seja melhor. Além claro, de garantir a saúde e o bem-estar de todos.  

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.