Vent Residencial | Muller Imóveis RJ Vent Residencial

Vent Residencial

vent residencial

Vent Residencial

Estrada de Camorim – Jacarepaguá

Vent Residencial – é o vento de coisa nova, brisa das boas notícias, atmosfera da simplicidade, de viver sem esquecer o charme, das soluções criativas, do moderno paisagismo, do espaço aproveitado com inteligência, dos detalhes encantadores. Vent é o vento que traz energia positiva, refresca o ambiente, movimenta o futuro, renova a vida.

Localizado na Estrada do Camorim, perto de uma grande área verde, o Vent é divido em 4 blocos com 8 unidades com unidades de 2 e 3 quartos.

São 26 apartamentos Garden e 192 apartamentos tipo com metragens de 64,14 a 73,48 m². O terreno tem aproximadamente 14.000m², sendo 3.700m² de área de lazer.

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro é uma grande cidade brasileira à beira-mar, famosa pelas praias de Copacabana e Ipanema, pela estátua de 38 metros de altura do Cristo Redentor, no topo do Corcovado, e pelo Pão de Açúcar, um pico de granito com teleféricos até seu cume. A cidade também é conhecida pelas grandes favelas. O empolgante Carnaval, com carros alegóricos, fantasias extravagantes e sambistas, é considerado o maior do mundo.

Bairros da Zona Sul do Rio de Janeiro: características importantes para  você escolher! | Carvalho Administradora

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, entre outras; os estádios do Maracanã e Nilton Santos; o bairro boêmio da Lapa e seus arcos; o Theatro Municipal do Rio de Janeiro; as florestas da Tijuca e da Pedra Branca; a Quinta da Boa Vista; a Biblioteca Nacional; a ilha de Paquetá; o réveillon de Copacabana; o carnaval carioca; a Bossa Nova e o samba.

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1763-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a recém-construída Brasília. Neste ano, o Rio foi transformado em uma cidade-estado com o nome de Guanabara e somente em 1975 torna-se a capital do estado do Rio de Janeiro, após a fusão deste com a Guanabara.