Veranno Barra Residence - Área que não para de crescer.

Veranno Barra Residence

Veranno Barra Residence

Veranno Barra Residence

Área que não para de crescer.

Veranno Barra Residence – O Veranno fica pertinho de tudo, ele está na avenida prinicipal da Barra dos Coqueiros, ao lado de farmárcias, supermercados, posto de combustivel, escolas, academia, tudo isso para você levar uma vida mais cômoda. Além disso, o Veranno conta com uma área de lazer completa, entregue equipada e possui toda segurança de um condominio fechado.

Apartamentos com área privativa de até 59,10m²

2 ou 3/4 com ou sem varanda

4 pavimentos (térreo + 3)

8 apartamentos por andar

7 blocos

1 vaga de garagem por apartamento

Projeto Arquitetônico: Sheila Trope

Arquitetura Digital: Pixel

Rio de Janeiro

É uma grande cidade brasileira à beira-mar, famosa pelas praias de Copacabana e Ipanema, pela estátua de 38 metros de altura do Cristo Redentor, no topo do Corcovado, e pelo Pão de Açúcar, um pico de granito com teleféricos até seu cume. A cidade também é conhecida pelas grandes favelas. O empolgante Carnaval, com carros alegóricos, fantasias extravagantes e sambistas, é considerado o maior do mundo.

É um dos principais centros econômicos, culturais e financeiros do país, sendo internacionalmente conhecida por diversos ícones culturais e paisagísticos, como o Pão de Açúcar, o morro do Corcovado com a estátua do Cristo Redentor, as praias dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, entre outras; os estádios do Maracanã e Nilton Santos; o bairro boêmio da Lapa e seus arcos; o Theatro Municipal do Rio de Janeiro; as florestas da Tijuca e da Pedra Branca; a Quinta da Boa Vista; a Biblioteca Nacional; a ilha de Paquetá; o réveillon de Copacabana; o carnaval carioca; a Bossa Nova e o samba.

A cidade foi, sucessivamente, capital da colônia portuguesa do Estado do Brasil (1763-1815), depois do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (1815-1822), do Império do Brasil (1822-1889) e da República dos Estados Unidos do Brasil (1889-1968) até 1960, quando a sede do governo foi transferida para a recém-construída Brasília. Neste ano, o Rio foi transformado em uma cidade-estado com o nome de Guanabara e somente em 1975 torna-se a capital do estado do Rio de Janeiro, após a fusão deste com a Guanabara.